Slideshow

13 de jul de 2013

A fonte do lago ...


O espírito

Sem final feliz para a vida...


  
Meu espírito permaneceu eternamente triste...  

Ajoelhado em frente ao lago das decepções...

Cego, sem ao menos perceber o tempo passar em sua volta e sonhos se transformando em gotas servindo como fonte para o lago...

Meu espírito sem disposição...

Não consegue ao menos manter o amor...

Ou menor, meu amor...

Essa é a grande lamentação do meu espírito...

Vidas, amores e sonhos perdidos...

A decepção gigantesca carregada no meu peito...

E no seu também...

Um lago triste e sem vidas...

Apenas com nossas lamentações, arrependimentos e decepções...

Eternamente destruindo a sua razão de viver...

E a minha...





Senhores do universo...
Escravos do lago...
Tristes no abismo do “para sempre”

Nenhum comentário:

Postar um comentário