Slideshow

14 de fev de 2013

Olhe em meus olhos e eu me acharei...

Antes de começarem, recomendo que leiam escutando junto à música When The Wild Wind Blows da banda Iron Maiden, encontrada no fim desta página.



Era uma vez jovem senhor...

Minha religião não me permite cair em pecado...

Eu só olho para os céus e peço por luz...

Eu só quero saber qual caminho seguir e sem medo...

Sem medo continuar, jovem senhor...

Mesmo que a situação fuja as mãos, tudo ficará bem minha jovem querida...

Olhe dentro dos meus olhos para poder ver o início onde tudo acontecia...

O amor...

O amor rebrotava na terra, enquanto o sangue brotava na guerra...

Mais mesmo assim acredite novamente...

Olhe de novo dentro dos meus olhos querida e me diga o que você vê...

De baixo de toda essa escuridão coberta por sangue sempre haverá um pecado...

Minha religião não permite cair em pecado...

Meu código de honra diz que devo proteger...

Defender, lutar, amar e morrer e na morte guardar...

Mesmo que a situação fuja as mãos, tudo ficará bem minha querida...

Sempre estarei por ai, talvez um pouco perdido cavalgando em meu velho cavalo manco...

Mesmo que a situação fuja as mãos olhe para o horizonte...

Olhe para o horizonte e veja sua beleza...

O amor rebrotava na terra prometida, enquanto o sangue brotava na terra do ódio...

De baixo de todas essas mentiras a verdade sempre aparecerá coberta pelo sangue...

Meu código de honra diz que devo seguir meu coração...

Mesmo que a situação fuja as mãos, tudo ficará bem minha querida...

De baixo de toda essa escuridão coberta por sangue sempre haverá um novo pecado...

Cabe a nós cairmos como os anjos...

Ou se manter em nossa fé como os outros anjos...

Era uma vez jovem senhor...

Enquanto o mundo caia diante de meus olhos...

Minha fé não permitia que eu caísse em meus pesadelos...

Eu sempre olhei para os céus pedindo por luz...

Eu sempre quis saber qual caminho seguir...

Para não temer novamente...

Mesmo que a situação fugisse as mãos...

O sorriso dela me dizia que tudo iria ficar bem...

Então eu empunhava minha espada...

E seus olhos me mostravam uma nova era de paz...

E lutava!...

O amor...

O amor brotava em seus atos, enquanto o ódio era só uma lembrança repentina...

Mesmo assim sempre com fé...

Ela olhava dentro dos meus olhos e acreditava no que eu já não acreditava...

De baixo de toda essa escuridão ela ainda acreditava que havia algo bom...

E assim...

Meu código de honra sempre sussurrou em meus ouvidos bem calmamente...

Olhe para o horizonte e a defenda...

Mesmo que a situação fuja as mãos a proteja...

E mesmo depois da morte a guarde e a ame como um bom paladino...

Esse sempre foi meu código e sempre será...

Sempre estarei por ai, talvez um pouco perdido cavalgando no mar em meu velho cavalo manco...

Então...

Olhe para o horizonte...

E eu me acharei.

Iccoic Leirda :Rop Otircse 
Aconteceu alguma coisa em meu futuro que alterou o meu passado...



Iron Maiden: When The Wild Wind Blows

2 comentários:

  1. "Meu código de honra diz que devo seguir meu coração..." Adorei essa frase.
    Adorei todo o texto.
    Muito bom, parabéns

    ResponderExcluir
  2. Ele tem qe escrever mas rs, muito bom esse texto. adimiro a forma qe vcê se expressa , e adoro o jeito qe encaixou as palavras certas pra formar um lindo texto. parabens msm.

    ResponderExcluir